quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Encontro de Redução de Danos da Região Norte inicia em Boa Vista Encontro da ABORDA acontece paralelo a evento regional



            Iniciou na manhã de hoje, quarta-feira, o  VI Encontro Norte de Redução de anos e X Encontro Nacional da ABORDA, em Boa Vista (RR).  Na abertura o presidente da ABORDA, Associação Brasileira de Redução de Danos, Domiciano Siqueira, relembrou os  mais de 15 anos de encontros deste tipo e fez uma análise do momento político vivido e suas dificuldades e desafios. A presidente da Associação Luta pela Vida ( ALV), Ana Cristina de Oliveira, entidade anfitriã do evento, deu as boas vindas  e agradeceu  todos os apoiadores para a realização do evento. O coordenador do Fórum Norte de RD, Álvaro Mendes, também protestou contra medidas conservadoras e proibicionistas que se apresentam como alternativas sem garantir direitos a usuários.  Falaram ainda os representantes das secretarias estadual e municipal de saúde locais.
            O diretor do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Fabio Mesquita, foi o conferencista de abertura e destacou a importância de se trabalhar Redução de Danos num conjunto de medidas que visem diminuir as chances de transmissão do HIV e hepatites B e C e n promoção de da saúde e qualidade de vida. Mesquita, que tem importante participação na construção de ações de RD no Brasil, desde quando trabalhou em Santos na década de 1980, reafirmou seus compromissos de apoio as iniciativas que valorizem aspectos de Direitos Humanos associados ao uso de drogas. “O Ministério da Saúde tem se mostrado totalmente contrário a politicas de internação e tratamento obrigatórios”, afirmou.
         O encontro continua até dia 10 de outubro onde serão debatidos assuntos relacionados a aspectos jurídicos, médicos e psicológicos do usuário de droga bem como articulações para a formulação de politicas de saúde.
        
FÁBIO MESQUITA É HOMENAGEADO
      Finalizado a mesa de abertura Fabio Mesquita recebeu uma homenagem da ABORDA pelo seu empenho na implantação da Redução de Danos como estratégia em saúde pública. O presidente Domiciano Siqueira, fez um breve histórico da RD no Brasil e a resposta comunitária e reconheceu a presença de Mesquita em vários destes momentos importantes. “ Sua presença sempre foi fortalecedora nos momentos difíceis que passamos e esperamos que seu retorno ao Brasil represente também um marco na retomada de um trabalho mais humano e direcionado aos usuários de drogas, sem censura, violência ou negativas,” afirmou.


           


Doutor em Saúde Pública pela USP, Fábio Mesquita coordenou os Programas Municipais de DST/Aids em Santos, São Vicente e São Paulo e chefiou as Unidades de Prevenção e Direitos Humanos do então Programa Nacional de Aids do Ministério da Saúde, hoje Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. Antes de ser convidado para assumir a direção do Departamento, era membro do Corpo Técnico da Organização Mundial de Saúde (OMS), atuando no escritório do Vietnã.

0 comentários:

Postar um comentário