REDUÇÃO DE DANOS

Um outro olhar sobre o ser humano

O que se pode usar

Redução de Danos

JUDICIÁRIO, SAÚDE E USUÁRIO

O QUE SE FALA, PENSA E ESCREVE SOBRE O CRACK

PREVENÇÃO

Sexo, Drogas e Redução de Danos

A VIDA E O RESPEITO AS DIFERENÇAS

Direitos humanos em defesa do SUS

domingo, 16 de setembro de 2018

ABORDA ELEGE TRÊS MULHERES PARA A COORDENAÇÃO





Ao final do encontro foi realizada a Assembléia da Associação Brasileira de Redução de Danos ( ABORDA), que efetivou sua alteração estatutária e elegeu a nova coordenação para o período de 2018/2022. Pela primeira vez desde sua fundação, há 21 anos, a associação terá três mulheres a frente. 


Foram eleitas Edna Flores (MS), como coordenadora geral, Ana Cristina Oliveira (coordenadora administrativa financeira) e Thaty Pinangé para a coordenação técnico-política. Para o conselho fiscal os eleitos foram: Domiciano Siqueira (MG), Alvaro Mendes (AC) e Marco Manso ( BA).


A assembléia também ratificou os novos mobilizadores regionais, nas cinco regiões geográficas do Brasil, e encaminhou tratativas de formalizar o papel, responsabilidades e compromissos destas funções.



Encontro Nacional da ABORDA debate momento político e ações do movimento social



Durante três dias redutores de danos, especialistas, profissionais de saúde e interessados discutiram as ações de redução de danos no uso de drogas e sua relação com o momento político do Brasil. O evento, acontecido em Campo Grande (MS), debateu ainda estratégias de diminuição de riscos e danos associado a ações de prevenção do HIV, hepatites virais e tuberculose, a partir do paradigma da prevenção combinada, diretriz atual do Ministério da Saúde.

Para Edna Flores, da Associação Águia Morena anfitriã do evento, a decaída do uso do preservativo e a necessidade de ampliação da PreP são dois pontos importantes nesta discussão: " convivemos com pessoas que moram na rua, com usuários e usuárias de drogas, pessoas que estão a margem da ação do estado, por isto a sociedade civil é importante neste contexto", argumentou. Também o presidente da Aborda, Alvaro Mendes, destacou que a garantia dos direitos humanos das pessoas que fazem uso de drogas é fundamental neste debate, segundo ele " a ação policial truculenta não apenas priva as pessoas do cuidado de saúde, mas as limita de ações de protagonismo e controle social."

Paralelo ao evento o seminário Combina RD, organizado pela ONG Associação de Bem com a Vida ( ABV) de Boa Vista (RR), debateu as lacunas nos serviços diante deste desafio duplo de garantir cuidados de saúde e respeitar o direito de escolha das pessoas. " Estamos diante de um cenário de crescimento da pauperização, de aumento de imigrantes e de carências diversas do movimento social. Não basta intenções é preciso políticas públicas direcionadas", enfatizou a presidente da ABV, Ana Cristina Oliveira.

Participaram das atividades, cerca de 120 pessoas de todos os estados do Brasil. Redutores, associados, parceiros e apoiadores da Aborda receberam uma homenagem pela atuação em favor da instituição e da RD no Brasil. Também foi homenageado o Prof. Antonio Néry (UFBA), por seu pioneirismo nas ações de RD no país e por seus 40 anos de vida dedicada ao cuidado dos excluídos sociais.



 

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA EXTRAORDINÁRIA DA ABORDA





ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE REDUÇÃO DE DANOS
ABORDA





EDITAL DE CONVOCAÇÃO
ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA



O presidente da Associação Brasileira de Redução de Danos (Aborda), conforme o artigo 15 do estatuto social em vigor, e em sintonia com decisão da atual diretoria convoca Assembléia Geral Ordinária, para o dia 15 de setembro de 2018, no Hotel Valle Verde, situado a Avenida Afonso Pena, 105, cidade de Campo Grande (MS), em primeira chamada as 18h30min com 2/3 dos associados em gozo de seus direitos estatutários e em dia com a anuidade definida e em segunda chamada as 19 h, com qualquer quórum para deliberar sobre a seguinte ordem do dia:

-Reforma Estatutária
- Eleição da diretoria
e Conselho Fiscal para mandato 2018/2020
-Eleição do Conselho Deliberativo
- Posse dos eleitos

Rio Branco, 31 de agosto de 2018

Alvaro Mendes
Presidente





quinta-feira, 16 de agosto de 2018

IX ENORD- Encontro Norte de Redução de Danos




IX ENORD- Encontro Norte de Redução de Danos e
III Seminário de Articulação em Saúde e Direitos Humanos Regional Norte


A Associação de Redução de Danos do Acre (AREDACRE), Fórum Norte de Redução de Danos (FNRD) e Associação Brasileira de Redução de Danos (ABORDA), em parceria com o Conselho Estadual de Saúde de Rondônia e Prefeitura de Guajará Mirim através da Secretaria de Saúde, estarão realizando entre 03, 04 e 05 setembro, o IX Encontro Norte de Redução de Danos (ENORD) e III Seminário de Articulação em Saúde e Direitos Humanos Regional Norte, na cidade de Guajará Mirim (RO),
O IX ENORD reunirá representantes dos sete Estados da região norte, envolvido com a execução de ações da estratégia de redução de danos e tem como objetivo construir um espaço político para o debate das ações e estratégia para o fortalecimento da RD na Região Norte e no Brasil voltado para as políticas conjuntas de drogas e direitos Humanos. O encontro quer colaborar para a criação de estratégias que visem minimizar os danos decorrentes do uso de drogas e diminuir o índice de contaminação pelo vírus Hiv/Aids/Hepatites Virais/Tuberculose e outras patologias nas populações vulneráveis aos riscos sociais e quando fazem uso de drogas.

Confira a programação:

IX ENORD- Encontro Norte de Redução de Danos e

III Seminário de Articulação em Saúde e Direitos Humanos Regional Norte
Guajará Mirim/RO 2018 – 03, 04 e 05 de Setembro de 2018
Local: Centro de Treinamento da Diocese Guajará Mirim
Realização: Associação de Redução de Danos do Acre-AREDACRE; Fórum Norte de Redução de Danos-FNRD; Associação Brasileira de Redução de Danos - ABORDA
Apoio: Conselho Estadual de Saúde de Rondônia e Prefeitura de Guajará Mirim- Secretaria Municipal de Saúde/RO
Parceiros: Conselho Regional de Psicologia – CRP 10/ PÁ; MP/AC; Consulado da Bolívia; Moriá/AP e Clinica de Saúde Center/Ap
Programação
DIA 03/09/2018– Manhã
07h45min– Credenciamento
08h40min –Solenidade de Abertura
Apresentação Dança Folclórica da Bolívia
09h00min - Composição da Mesa
  • Representante da Aredacre
  • Representante da Aborda
  • Representante da Unesco
  • Representante da Prefeitura de Guajará Mirim
  • Representante do Governo de Rondônia
  • Representante do DN IST/HIV/Aids e Hepatites Virais – MS
10h00min – 1º Mesa - Qual Políticas sobre Álcool e Outras Drogas como Direitos Humanos e Cuidado que Queremos.
Coordenação: Lednayra da S. Haerdrich – Psicóloga da Aredacre
Expositor: Domiciano Siqueira – Consultor em Direitos humanos do Ministério da Saúde/ Ministério da Justiça e Membro do Conselho Consultivo da Aborda
Expositora: Marilda Fernandes – Gestora do CAPS Ad III Marajoara de Belém/ Pará
Relato de experiência: Rudson Nunes – Movimento Acreano de População em Situação de Rua/Mapsir
12h00min – Almoço

DIA 03/09/2018 – Tarde
14h: 00min –2º Mesa
O Desafio da Nova Política de Drogas e Olhar Sobre o Sujeito e Alternativas de Prevenção.
Expositora: Marcia Colombo – DN Aids e Hepatites Virais – MS
Expositor: Marcos Manso – Universidade Federal da Bahia e Mobilizador da Aborda/BA
Coordenação: Lídia Barbosa – CES/RO e Mobilizadora da Aborda Rondônia
Debate: 15h00min
15h: 30min –3º Mesa
População de Rua e Abuso de Drogas - Desafios do Fazer
Expositora:- Ester de Oliveira Souza – mobilizadora da Aborda/PÁ
Expositora: Elis Uchoa Medeiros – Gestora SUS Pará
Expositora: Silvia Leticia – Gestora SUAS de Rio Branco/Acre
Coordenação: Conselho Municipal de Saúde de Guajará Mirim


17h:30min – Cooffe Break
18h:00min – Grupos de trabalho para construção de propostas para 4 anos de governo.
Coordenação: Álvaro Mendes  /Aborda

DIA 04/09/2019 – Manhã
08h30min – momento cultural
08h40min – 4º Mesa
Redução de Danos e as Ações em Saúde, Justiça, Assistência Social e Direitos Humanos Junto às pessoas que fazem uso de drogas e em Situação de Rua - Apresentação das experiências no território e Serviços.
  • Rede de atenção Psicossocial e a intervenção ao Usuário de álcool e outras drogas
Expositora: Márcia Aurélia – Psicóloga – Coordenadora Saúde Mental do Estado do Acre
  • Campo de um Território Acolhedor com pessoas com Hiv/Aids/Hepatites Virais/Tuberculose e Interação com Grupo de Adesão de Boa Vista/RR
Expositor: José Oliveira Filho – Mobilizador Social da Aborda/RR
  • Experiência da Testagem Fluido Oral no território com usuários de Drogas e a integração com a rede de serviços e Aredacre/Ac
Expositora: - Lucilene Moura Assistente social/Aredacre
  • Praticas Exitosa: A Vivencia através do Consultoria na Rua em Porto Velho/RO
Expositor: Raony Gomes Ferreira – Consultório de Rua de Porto Velho/RO
  • Experiências do Comitê de Fronteiras de Prevenção nas cidades de Guajará/Brasil e guayara Merin/Bolívia
Expositora: Maria Izabel Araújo Silva – Coordenadora do SAE de Guajará Mirim/RO
  • Ministério Público e suas formas de Direitos Humanos e Justiça para a população vulnerável socialmente que fazem uso de drogas
Expositor: Fabio Fabricio MP/Acre
Coordenação: Thattyane Maciel- Mobilizadora da Aborda do Estado do Amapá


Debate: 11h: 00min
12h30min – Almoço



Tarde - 14h00min – 5º Mesa
Dificuldades na Efetivação de Redes de Atenção Psicossocial, Redes Suas, Educação Garantias de Direitos e Formação e Justiça, como avançar em práticas exitosas na Política de Drogas e Direitos Humanos da Região Norte
Expositora: Elayne Romario – Docente do Curso de Serviço Social da Faculdade da Amazônia; Assistente Social da Coordenadoria de Prevenção, tratamento e redução de danos e consumo de drogas – CENPREN/ SEJUDH do Estado do Pará.
Expositora: Profa. Susie Elilzabeth Teixeira Lamas – Coordenadora da Divisão do Eixo Temático Drogadição e População de Rua, do Gabinete da Vice-Governadora do Estado do Acre
Expositora: Jonatha Rospide Nunes Mestre em Psicologia Tutor do Programa de Saúde Mental da Residência Multiprofissional de Palmas e Supervisor da Equipe de Consultório na Rua de Palmas/TO
Expositora: Ana Carolina do Nascimento, Psicóloga da CAPSad III de Palmas/TO
Coordenação dialogada:
Debate: 15h20min
16h:30min – Cooffe Break

17h:00min – Continuação dos Grupos por estados para construção de propostas para 4 anos de governo.

DIA 05/09/2018 – Manhã
Debate: 9h:00min
09h00min – 6º Mesa
Praticas Exitosa: Protagonismo e participação social de pessoas vivendo com Hiv/Aids e Hepatites Virais e outras enfermidades nas instâncias de controle social e Ações com populações chaves e Prioritárias na Amazônia.
Expositora: Evalcilene Santos - Redutora de Danos e Presidente da ARDAM – Associação de Redução de Danos do Amazonas/AM
  • Praticas Exitosa: Comunidades Indígenas na fronteira Amazônica o que fazer diante das vulnerabilidades sociais e questões geográficas.
Expositor: Indígena do Município de Guajará Mirim/RO
  • Praticas Exitosa: Rede Amizade do Amazonas na intervenção no território com população chaves e prioritárias
Expositor: Edson Gonçalves – agente social da Ong Rede Amizade de pessoas Vivendo com Hiv/Aids/AM
Coordenação: Maria Benedita – Mobilizadora do estado do Amapá
Debate: 10h00min
10h30min – 7º Mesa
Elaboração da Proposta da IX Carta Guajará Mirim/RO
11h:30min – Apresentação dos mobilizadores Estaduais e Coordenação Fórum Norte
12h00min – Apresentação artística
12h30min – Almoço

Tarde – 13h30min
Reunião Articulação Nacional de Saúde e Direitos Humanos do Norte
14h30min
  • A importância do barco saúde na fronteira Amazônica para as poluções de difícil acesso – visita teleguiada com a Marinha do Brasil.


  • As vulnerabilidades do acesso na fronteira Amazônica – Visita ao acesso a cidade de guayara Merin/Bolívia


17h: 30min – Coquetel de encerramento com apresentação folclórica das danças típicas de Guajará Mirim






terça-feira, 3 de julho de 2018

ANUIDADE DE 2018




Banco do Brasil Agência: 3497-5 C/C 106969-1
Associação Águia Morena
CNPJ n 06.179.996/0001-20
Valor 80,00